Dicas para trekking: tudo o que você precisa saber para começar

16 de fevereiro de 2018 Hiking e Trekking122

Trekking é a atividade que circula a prática de trilhas e caminhadas que buscam aproveitar a natureza como percurso. Se você está começando agora a se aventurar nessa atividade, saiba que existem muitos cuidados que devem ser tomados. Bem como toda uma preparação e planejamento antes de simplesmente sair desbravando caminhos por aí. E é sobre isso o primeiro post do blog da Vento, dicas para trekking para que sua prática seja apaixonante, mas também segura!

Selecionamos as melhores dicas para trekking para você

Antes de colocar a bota no pé e sair trilhando por aí, planeje alguns pontos que farão diferença para que você se sinta seguro em ir evoluindo no trekking. Com o tempo e com as experiências que você for conquistando, esses detalhes se tornarão naturais para você.

Escolha a melhor trilha para começar

Se você ainda não tem prática com trilhas, procure iniciar por opções que sejam indicadas para iniciantes. Trilhas com essa determinação não exigem um condicionamento físico tão alto, são mais seguras, bem delimitadas, não exigem experiência e podem ser realizadas dentro do mesmo dia.

Pesquise na região onde você mora, ou na cidade de destino de alguma viagem que já esteja programada quais são as trilhas dentro dessa classificação. Outra opção é buscar pela ajuda de profissionais qualificados que poderão acompanhar as primeiras práticas. Se existe alguém que pode te dar as melhores dicas para trekking na prática, são eles.

Leve equipamentos essenciais

Decidida a trilha a ser percorrida, pense no que você irá precisar. A roupa escolhida dele ser leve, com tecidos que deixem a pele respirar e deixem o corpo se movimentar. Se forem opções impermeáveis e com proteção contra o vento, ainda melhor. Nos pés, pense em conforto e proteção. Use tênis ou botas especiais para esse tipo de atividade, mas evite pares novos, para não ter nenhum tipo de desconforto.

Abasteça a mochila com uma lanterna para emergências, um pequeno estojo com itens de primeiros socorros, um isqueiro ou fósforos, uma camiseta seca extra, uma mapa da trilha e arredores e um canivete, que pode ser útil em muitas situações.

Não se esqueça da alimentação

Seja qual for a distância a ser percorrida na trilha, lembre-se que estamos falando de um caminho dentro da natureza. Então, é imprescindível que você pense no que vai comer e beber durante o percurso. Essa pode parecer uma das dicas para trekking mais óbvias, mas existem alguns alimentos que funcionam melhor para esse tipo de situação.

Existem dois pontos que devem ser levados em consideração: o tipo de alimento e o espaço que ele ocupa em sua mochila. Carregar sobrepeso dificulta a prática e não é nada prático. Por isso, para evitar a fadiga, dê preferência para carboidratos, pães integrais, barras energéticas e frutas secas ou naturais, e evite opções ricas em gordura e açúcar.

E, é claro, água. Hidrate-se durante toda a prática de trekking, mas sem exagero. Água demais pode trazer enjoos. Limite-se a beber, no máximo, 800ml de água por hora durante a caminhada.

 

Gostou dessas dicas de trekking? Nos conte nos comentários que outros assuntos você gostaria de encontrar aqui no blog da Vento!

blogvento

blogvento