Dia do Bombeiro

5 de julho de 2018 Outros44

Homenagem aos nossos heróis civis

Em homenagem ao Dia do Bombeiro (02/07), vamos falar um pouco mais sobre a história desse profissional tão importante em nossas vidas.

O povo brasileiro considera os bombeiros os profissionais mais confiáveis em um ranking de nada menos do que 32 profissões. A pesquisa foi feita pelo instituto alemão GFK Verein e mostra que isso também acontece em 15 dos 25 países pesquisados no mundo todo.

A história do Corpo de Bombeiros no Brasil começou já no século XVI, no Rio de Janeiro, quando a Família Real Portuguesa chegou ao país. Daquele tempo até a metade do século XIX, os casos de incêndio eram apagados por milicianos ou voluntários, e os bombeiros eram alertados por meio de três tiros de canhão e toque de sinos da igreja de São Francisco de Paula. Cada badalada indicava o local onde o incêndio estava acontecendo, e a população ajudava como podia, passando baldes de água retirados de chafarizes de mão em mão.

Os primeiros bombeiros militares apareceram na Marinha para acudir navios em chamas. Eram uma especialidade, não uma corporação. Só em 1763 foi criada uma repartição no Rio de Janeiro dedicada ao combate de incêndios. Em 2 de julho de 1856 é que um decreto imperial criou o Corpo de Bombeiros e na semana de prevenção a incêndios. E por isso, o patrono da corporação foi o Imperador Dom Pedro II.

Mesmo sendo muito associado ao combate de incêndios, o Corpo de Bombeiros também desempenha as funções de guarda vidas, salvamentos aquáticos, resgates em altura e montanhas e incidentes com produtos perigosos, além de fazer vistorias técnicas em locais de grande concentração popular e atendimento pré-hospitalar, com paramédicos e socorristas.

E você, já conhecia a história dos bombeiros? Continue acompanhando o blog e fique por dentro de outras histórias e dicas! Até a próxima!

Botas Vento